Saiba qual corte de cabelo estava na moda no ano em que você nasceu

Assim como as roupas, os cortes de cabelo também acompanham tendências ao longo dos anos. Franja, chanel, volumoso, repicado, todos esses estilos mudam conforme a música, ou melhor, conforme a moda. Fica a dúvida: quando você nasceu, qual era a corte bafão que abalava as madeixas das mulheres?

Linha do tempo dos cortes de cabelo

1970 – 1975: cabelos curtos e volume

Os anos 70 resistiu às mudanças. O início da década ainda tinha muitos resquícios dos cabelos dos anos 60, ou seja: o curtinho, as pontas viradas para cima e as ondas com bastante volume. Mas já se via um pouco das tendências seguintes, como as franjas, as madeixas em camadas e as influências hippies.

1975 – 1980: os anos do volume

Vários estilos invadiram essa época, os black power estavam em alta, assim como as franjas lisas e o corte pantera, no maior estilo Farrah Fawcett. E, claro, muita gente misturava mais de um estilo, principalmente se incluíssem franjas.

1980 – 1985: década do exagero

A década de 80 é conhecida como a década do exagero. A moda era marcada por cores, glitter, ombreiras e com os cabelos não foi diferente. As madeixas eram cheias de volume e os cachos estavam em seu auge. Foi nessa época que surgiram os mullets – quando o volume é concentrado na frente, cortado mais curto e repicado (o famoso corte Chitãozinho e Xororó).

 

1985 – 1990: reinado dos mullets

O volume e os cachos continuavam em alta, tanto que muitas mulheres com cabelos lisos aderiram ao permanente em busca dos caracóis. Os mullets estavam com tudo nesse período. Além deles, os sidecuts – quando a lateral do cabelo é raspada e o resto continua longo – também faziam muito sucesso.

1990 – 1995: franjas fininhas e lisas

Os mullets permaneceram firmes e fortes no início da década de 90, mas muitos outros estilos de cabelo surgiram nessa época. O curtinho espetado, os penteados com gel, as mechas coloridas, tudo isso fez parte dos últimos anos do século 20. As franjas lisas com cabelos cacheados e as franjas bem fininhas também eram moda na época.

1995 – 2000: era da Rachel

A principal marca dos anos 90 foram as franjas. Outros penteados que fizeram sucesso na década foram os rabos de cabelo bem altos e presos com elásticos bem volumosos, além dos cabelos repartidos ao meio. No final da década, quem deu o tom das madeixas foi uma personagem do seriado Friends. O corte repicado com bastante volume e fixador ficou conhecido como “corte Rachel”.

2000 – 2005: fios bagunçados

As madeixas bagunçadas disputavam espaço com os ondulados ou cacheados com franja lisa e as mechas bem marcadas. As trancinhas bem finas e os acessórios estavam com tudo também.

2005 – 2010: o império dos lisos

No final da década de 2000, as camadas e repicados estavam em todos os cabelos. As franjas passaram de curtas para maiores e laterais. O rabo de cavalo com fios soltos e o coque desarrumado eram muito comuns. Nessas época os cabelos lisos ganharam força total (haja progressiva!) e as pontas viradas para fora viraram tendência.

2016 – (…) – assumindo a coroa

Desde 2016, há um movimento significativo de mulheres assumindo as madeixas naturais. Meninas que foram apresentadas desde cedo à progressiva estão deixando o crespo aparecer como coroa. Pessoas com cabelos crespos e cacheados nunca tiveram tanta opção de produtos e de cortes de cabelo.

BOLSA DE MULHER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *