Couve pode te fazer muito mal se você consome desta maneira

Sucos verdes feitos com couve crua batida no liquidificador estão na moda, mas é preciso ter cuidado: quando a couve é consumida grandes quantidades, pode fazer mal à saúde. Estudos recentes mostraram que o vegetal preferido das dietas “detox” pode causar hipotireoidismo e até… intoxicação!

Mas calma, não precisa parar de comer couve. A folha não chega a ser venenosa – pelo contrário. Rica em fibras, vitaminas e minerais, ajuda a regular a pressão arterial e a controlar o colesterol, entre outros benefícios.

Excesso de couve crua faz mal à saúde

Quando consumida em excesso na forma crua, a couve pode atacar a tireoide. Tudo por causa de duas substâncias: a pró-goitrina, que diminui a liberação de hormônios pela tireoide, e o tiocianato, que atrapalha a absorção de iodo, mineral essencial para o bom funcionamento da glândula.

mulher suco couve 218 400x800
DASHA PETRENKO/SHUTTERSTOCK

Um estudo da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, mostrou que o cozimento da folha diminui a ação destes compostos no organismo. Ainda assim, se consumida em quantidades exageradas, o risco permanece.

Em 2010, uma senhora chinesa de 88 anos passou meses ingerindo mais de um quilo de couve por dia, no intuito de melhorar seu quadro de diabetes. Mas ela acabou desenvolvendo hipotireoidismo agudo e entrou em coma, como relatou um estudo publicado no The New England Journal of Medicine.

Outro risco causado pelo excesso de couve é o de má digestão e prisão de ventre, especialmente se o vegetal for consumido sem boas quantidades de água para facilitar a passagem das fibras pelo organismo. Existe, ainda, a teoria de que as folhas são capazes de absorver do solo um metal pesado chamado tálio, mas esta relação ainda não foi comprovada.

folha verde couve 218 400x800
AGAVE STUDIO/SHUTTERSTOCK

Couve na medida certa

Importante lembrar que a couve não traz nenhum prejuízo à saúde se for consumida com moderação. Cinco folhas por dia é uma quantidade segura, sempre acompanhada de bastante água – pelo menos dois litros diários.

Por fim, o ideal é intercalar a couve com outros vegetais: os benefícios serão ainda maiores se a dieta for diversificada com outras verduras como rúcula, couve, alface e tantas outras que a natureza oferece.

 

VIX MULHER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *