Como cuidar de um bonsai: 8 dicas básicas e fundamentais

Bonsai é um termo japonês que significa “plantado em uma bandeja”. O cultivo destas encantadoras árvores surgiu na China e foi adaptado pelos japoneses. Com uma mistura de técnica de horticultura e estética, cultivar um bonsai é considerado uma arte atualmente, cujo objetivo é criar uma representação realista em miniatura da natureza, na forma de uma árvore.

Dicas para cuidar de um bonsai

FOTO: ISTOCK

O bonsai é uma ótima opção para quem deseja ter uma planta pequena e fácil de cuidar, bem como decorar e trazer mais vida para qualquer ambiente. Cuidar de uma árvore bonsai requer técnica e não é tão difícil como parece. Vera Consoli, proprietária de uma floricultura há 30 anos, onde vende bonsai e cuida da manutenção deles junto a seus clientes, deu algumas dicas básicas de cuidados para com esta delicada planta.

1. Cuidados na hora de regar

É preciso saber a temperatura do ambiente e as condições climáticas para determinar a quantidade de regas de cada bonsai. Em dias amenos, o ideal é regá-lo uma vez ao dia, nos horários da manhã ou fim de tarde. Em dias secos, é indicado que regue o bonsai duas vezes ao dia. Evite regar em excesso, isto pode gerar um apodrecimento da raiz, devido a falta de ar na terra.

2. Use um palito para verificar a umidade

Para ter mais certeza se está regando certo o bonsai, uma técnica muito usada é a de afundar um palito na terra do vaso e então retirar para verificar se o palito está muito molhado. Caso esteja encharcado, não é necessário fazer a rega naquele momento.

3. Faça a poda quando necessário

A frequência da poda depende de cada espécie, o que geralmente varia de 3 a 6 meses. A poda mais simples, consiste na retirada dos galhos e brotos que já tenham ultrapassado o tamanho e o formato pretendido. Isso pode ser feito utilizando tesouras específicas ou tesouras comuns, dependendo do tipo do bonsai. A poda tem o objetivo de forçar a distribuição uniforme e desenvolver uma folhagem densa. Caso seu bonsai necessite de uma poda mais específica, contate um profissional para auxiliá-lo.

4. Escolha o melhor lugar para deixá-lo

Cada espécie terá a necessidade de um local específico, pois algumas preferem a luz solar e outras preferem meia sombra. O ideal é tentar encontrar um ambiente onde a temperatura seja constante. Segundo Vera, é preciso observar a coloração das folhas. Se elas estiverem amareladas, é sinal de que está recebendo muita luz. Caso estejam escurecendo, é sinal de falta de luz.

FOTO: ISTOCK

5. Saiba como adubar corretamente

No caso do bonsai externo, é indicado que sua adubação seja feita no período de crescimento, que vai do início da primavera até metade do outono. Já os internos podem ser adubados o ano todo. É indicado que não se adube as árvores doentes. Vera recomenda sempre a utilização de adubos orgânicos, bem como que se use somente a quantidade indicada. Caso coloque adubo em excesso, o bonsai poderá morrer.

6. É preciso escolher o vaso certo

A escolha do vaso adequado para o bonsai é uma tarefa que demanda bastante cuidado, tendo em vista que muitos fatores devem ser analisados. Segundo Vera, o ideal é optar por vasos não vitrificados e que não possuam esmalte brilhante, a menos que a árvore tenha flores ou frutos. O tamanho do vaso deve ser proporcional a aproximadamente 2/3 da altura da árvore e a profundidade do vaso deve medir até 2 vezes a espessura do tronco na sua base.

7. Faça a troca do vaso na quando indicado

É preciso prestar atenção em diversos fatores para saber quando é a hora de fazer a troca do vaso. Quando perceber que as raízes estão mais densas no vaso do seu bonsai ou que a água está demorando mais tempo para ser absorvida pelo solo, pode ser um sinal de que está na hora de trocar de vaso. No caso dos bonsais maiores, as raízes crescerão mais depressa, por isso pode ser que o vaso tenha que ser mudado anualmente. Mas esta regra pode não funcionar com todos, é preciso notar as diferenças que a árvore está apresentando e decidir qual é o melhor período para a troca. Para alguns tipos de bonsai, é preferível que a mudança do vaso seja feita no verão ou na primavera, para outras espécies o outono é o período mais indicado.

8. Cuidado com as pragas e doenças

Quando bem cuidadas, o risco de infecção das árvores é mínimo. Por isso, certifique-se sempre que suas árvores estejam plantadas com mistura correta do solo. Siga sempre as dicas de boas práticas de cuidado para manter o seu bonsai saudável. Vera indica que se separe a árvore infectada das outras árvores para evitar a contaminação. Geralmente é necessário remover as partes infectadas da árvore e através da aplicação de um fungicida. Busque a ajuda de um profissional para detectar o tipo de praga ou doença, assim poderá encontrar um tratamento adequado.

10 tipos de bonsai para cuidar em casa

Quer iniciar ou se aprofundar na arte do bonsai? Veja 10 tipos incríveis de bonsai, tanto internos quanto externos, que irão te encantar. Você vai descobrir como é precioso ter uma árvore em miniatura para cuidar na sua casa.

1. Bonsai de Pinheiro Negro

FOTO: REPRODUÇÃO / STUDIO BOCABELLO

Uma espécie que precisa de mais cuidados para o seu cultivo, o Pinheiro Negro é um bonsai clássico. São bastante resistentes a condições de solo precárias. É um típico bonsai de exterior que gosta de muita luz. Suas folhas agudas podem aumentar se não receberem a luz solar necessária. Os pinheiros não gostam de muita umidade e a poda deve ser feita apenas uma vez por ano.

2. Bonsai de Tuia

FOTO: REPRODUÇÃO / MATHEUS VELOSO

O bonsai Tuia tem uma folhagem densa e alargada, seus ramos crescem em grande quantidade. É uma árvore de fácil cultivo. O bonsai Tuia gosta da luz, podendo ser direta ou meia sombra. No verão, necessita de bastante água, podendo chegar em até duas regas por dia. Já no inverno, a quantidade é reduzida, variando de uma a duas regas por semana. Vera recomenda que na primavera e outono a Tuia seja regada apenas quando a superfície da terra estiver seca.

3. Bonsai de Jabuticabeira

FOTO: REPRODUÇÃO / BONSAI S. CRIS

Para aqueles que gostam de frutas, principalmente a jabuticaba, vão amar este bonsai. A Jabuticabeira é uma árvore frutífera, sensível ao frio e de crescimento lento em baixas temperaturas. Quando a temperatura estiver abaixo de 10ºC, devemos protegê-la em um local longe do vento frio. Nas demais estações em que a temperatura esteja mais amena, o ideal é colocá-las em um local onde receba raios solares, em períodos de sol não muito forte, diz Vera. A Jabuticabeira gosta de bastante água, mas somente no verão, fora deste período a rega é necessária somente quando o solo estiver seco.

4. Bonsai de Amora

FOTO: REPRODUÇÃO / GABI SAIDLER

As Amoreiras crescem rápido e possuem boa adaptação a qualquer tipo de solo, mas preferem os úmidos e profundos. Consomem bastante água no verão, pois se desidratam facilmente. A adubagem da Amoreira deve ser feita durante a primavera e o verão. Florescem geralmente no final do inverno, de setembro a novembro. Suas deliciosas frutas de coloração vermelha a arroxeada encantam qualquer um.

5. Bonsai de Romã

FOTO: REPRODUÇÃO / ÁRVORES E LENDAS

A Romãzeira é uma típica árvore de exterior que se desenvolve muito bem com a luz solar, o que favorece a floração e a frutificação. Caso ocorram temperaturas muito baixas durante o inverno, o ideal é abrigá-las dentro de casa, em algum local onde haja incidência de luz. O bonsai de romã gosta de solo úmido e a sua poda geralmente é feita após a floração, que acontece ao final da primavera.

6. Bonsai de Cerejeira

FOTO: REPRODUÇÃO / BONSAI EMPIRE

Como a maioria das frutíferas, a cerejeira consome bastante água, apesar de não gostar de solos muito encharcados. Vera diz que é aconselhável molhar o solo da cerejeira apenas quando estiver com a superfície seca. O bonsai é fácil de cuidar, embora ele seja propício para ambientes externos, é possível cultivá-los em ambientes internos desde que o local seja bem iluminado e consiga receber luz solar.

7. Bonsai de Pitanga

FOTO: REPRODUÇÃO / BONSAI EMPIRE

A Pitangueira também é um bonsai de ambiente externo, mas pode ser cultivado no interior caso receba luz solar e o ambiente seja bem iluminado. Gosta do solo sempre úmido, mas não em excesso. Para os dias muito quentes, Vera sugere que borrifar água em suas folhas e que se evite a exposição ao sol forte. Seus frutos costumam brotar na primavera, período propício para a adubação.

8. Bonsai de Acerola

FOTO: REPRODUÇÃO / AMAZÔNIA BONSAI

É uma espécie bastante resistente, com ramificação abundante e seu fruto é rico em vitamina C. Costuma brotar geralmente no verão, período no qual não é indicado que seja feita a adubação. Esta por sua vez, deve ser adubada na primavera e no final do outono. Típica de ambientes externos, pois a luz solar favorece seu desenvolvimento. O solo do bonsai de acerola deve permanecer sempre úmido, mas não encharcado.

9. Bonsai de Figueira

FOTO: REPRODUÇÃO / YOURS TRULY NATURE

Árvore de folhas verdes, pode ser cultivada com facilidade por possuir maior resistência. Adapta-se melhor em ambientes internos com bastante luminosidade e que receba luz solar por pelo menos três horas diárias. Quando o solo estiver seco, é necessário regá-lo. É sugerido que o vaso do bonsai figueira seja mudado de dois em dois anos.

10. Bonsai de Serissa

FOTO: REPRODUÇÃO / DEALS ARE MY LIFE

Esta árvore demanda um pouco mais de habilidade para seu cultivo. Ela não gosta de situações instáveis e é sensível com temperaturas baixas. Possui um formato de arbusto e suas flores nas cores branca ou rosada florescem duas vezes ao longo do ano. Gosta muito de luz solar e é preferível que seu local mantenha uma temperatura constante, sem muitas alterações. A rega deve ser frequente e distribuída uniformemente pelo vaso, não deixando o solo secar completamente e nem excedendo a quantidade necessária.

São muitas espécies com diferentes tipos de flores, frutos e colorações, para trazer mais vida e natureza para o seu ambiente. Se você é amante das frutas, as opções frutíferas são ótimas e você pode escolher conforme o seu gosto. Ter um bonsai em sua casa é aprender a cultivar a natureza, o meio ambiente e sua arte nos traz paz e harmonia.

 

Dicas de Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *