9 efeitos colaterais mais comuns da pílula anticoncepcional

Além de prevenir uma gravidez indesejada, a pílula anticoncepcional ajuda a resolver uma série de distúrbios no corpo feminino, como a menstruação irregular, endometriose, TPM e até no combate à acne. Os diferentes tipos de comprimidos trazem doses variadas de hormônios que podem desencadear alguns efeitos colaterais indesejados.

Efeitos colaterais da pílula anticoncepcional

Cada mulher reage de maneira distinta a oscilação da quantidade de hormônios da pílula. E isso pode causar algumas implicações, como náuseas, mudanças de humor, diminuição da libido e ganho de peso. Conheça os principais efeitos colaterais:

1. Sangramento de “escape”

Com as pílulas de baixa dosagem hormonal, esse problema se tornou recorrente entre as mulheres. Este sangramento é um tipo de menstruação que acontece antes do final da cartela. Não lembrar de tomar a pílula também é um dos motivos que levam ao “escape”. Se essa condição for recorrente, é preciso buscar orientação médica.

2. Náuseas

Algumas mulheres sentem uma leve náusea quando tomam a pílula pela primeira vez, mas esses sintomas normalmente desaparecem com o tempo. A dica é ingerir o comprimido junto com as refeições ou antes de dormir.

3. Sensibilidade nos seios

A pílula anticoncepcional pode deixar os seios mais sensíveis ou doloridos. E isso normalmente se resolve algumas semanas após o início da pílula. Mas é preciso ficar atenta: se a dor e a sensibilidade persistir, é necessário procurar ajuda médica.

calcinha colorida pilula 0818 400x800
MATHOM/SHUTTERSTOCK

4. Dores de cabeça e enxaqueca

Os hormônios da pílula podem aumentar as chances de dores de cabeça. Se a enxaqueca for muito forte, o ginecologista pode trocar a pílula por outro comprido com baixa dose hormonal para reduzir a incidência destas dores.

5. Ganho de peso

Estudos clínicos ainda não encontraram uma ligação consistente entre o uso da pílula e as alterações de peso. O que se sabe é que em algumas mulheres pode ocorrer retenção de líquido, especialmente em áreas como seios e quadris.

6. Mudanças de humor

Pesquisas sugerem que os contraceptivos orais podem afetar o humor e aumentar o risco de depressão. Por isso, ao notar qualquer alteração emocional diferente, é preciso contatar um médico.

7. Diminuição da libido

O desejo sexual pode ser afetado pelos hormônios presentes no anticoncepcional. Em alguns casos, há perda da libido mas, em outros, a despreocupação com uma possível gravidez pode incrementar o desejo sexual.

8. Corrimento vaginal

Alterações no corrimento podem ocorrer quando se toma a pílula: isso acontece por causa das alterações na lubrificação vaginal. Se por um lado há riscos de secura intensa na vagina, por outro, a lubrificação excessiva pode ajudar a deixar o sexo ainda mais prazeroso. É importante lembrar que as mudanças de cor ou odor podem indicar infecções, então, nestes casos, o médico deve ser consultado.

9. Alterações nos olhos

Os hormônios da pílula anticoncepcional podem alterar o espessamento da córnea e tornar o uso de lentes bastante desconfortável. Se houver alterações na visão ou incômodo permanente com as lentes de contato, procure um oftalmologista.

 

BOLSA DE MULHER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *